google-site-verification: google5518efc0d93fea89.html
https://www.blogger.com/blogger.g?blogID=193955005097401183#pageelements

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Lista de Desejos - 2013



Abaixo segue o meu velho e conhecido desejo de todo ano: Espero que todos leiam até o final (apesar de ser extenso) e que façam este ritual simples e eficaz. Faço há anos e realizo a mega maioria da lista de meus desejos, anualmente.

Desejo a todos um maravilhoso Natal. Que ele sirva para celebrarmos a vida de um grande mestre e para relembrar e curtir a união com nossas famílias.

Que já comecemos, neste momento importante de Natal, a pensar no que queremos para 2013. E para os outros anos também.

Pensar primeiramente. Com muito carinho, com muita verdade interna e sem medo algum de ser feliz ou considerar um grande desafio pela frente.

Pensar no que se quer, na minha opinião, é o mais importante. Para quem leu "Comer, Rezar e Amar" deve se lembrar (não apareceu este caso no filme) de um amigo da protagonista que precisou fazer uma cirurgia de coração. Ele disse que pedia a Deus todos os dias um coração beeeeeeem grande. E Deus concedeu a ele um coração tão grande, que foi preciso operá-lo rs.

Cuidar do que se pede. Não ser vago, ser objetivo e focado. Pensar com o coração e com a mente: juntos e integrados. Este é o desafio.

E é exatamente isto que desejo a todos. Que consigam pensar no que querem e que possam querer tão focada e intensamente, que consigam 100% de tudo, absolutamente tudo. Não 80%, mas 100% de tudo !

Como todos os anos, aí vai minha dica de final de ciclo para conquistar suas "conquistas".
Pegue esta receita e todos os seus ingredientes, acredite e faça virar algo sensacional na sua vida !

Planeje sim. Mas viva o "agora".

E se tiver dúvidas, entre em contato comigo: será um prazer compartilhar: dora.machado@supplyempresarial.com.br.

LISTA DE DESEJOS
----------------------
A lista de desejos é um exercício mental super importante. Normalmente, para quem não tem este hábito, causa alguns sustos, pois é nela onde você vai escrever o que quer para o próximo ano. E é exatamente aí que pode provocar temores :-)

Este exercício de escrever o que se quer no papel é de reflexão, certamente. E muitas pessoas, com a correria do dia-a-dia, não param para escrever o que querem. Aliás, muitas delas não sabem exatamente o que querem para hoje, quem dirá para um próximo ano inteirinho.

Bem... aí vão algumas dicas minhas, que sempre funcionam pra mim. Faço minha lista há mais de dez anos e acho que ela está cada vez mais focada e especial. Espero que funcione pra você:

1. Compre um caderno (mais abaixo explicarei como ele será útil durante o ano). Pode ser um caderno simples, mas lindo - que tenha a ver com você (afinal - irá conviver com ele por 365 dias).
Eu normalmente vou pela capa. Gosto da capa, compro o caderno.
Ele será algo que você irá usar muito (espero) durante o próximo ano. Melhor que se afeiçoe com ele :-)

2. Separe um momento que esteja só. Sem interrupções. Isto é importante para sua concentração. Programe aproximadamente duas horas sozinho. Pode ser suficiente. Pode ser que precise de mais tempo depois. Não importa. Mas faça sem pressa.

3. Escreva na primeira página quem você é. Pode usar meia página, uma página ou mais. Não importa. Escreva seu nome, sua data de nascimento, o que gosta, como aparenta ser, como se sente no momento. Não importa. Escreva sobre você. Não se assuste se esta fase o perturbar um pouco: muitas pessoas não falam muito de si para si mesmas. Mas lembre que este espaço é seu. É pra ser confidencial. Escreva o que quiser. Encante-se com você próprio neste momento.

4. Escreva no topo da próxima página um título, como por exemplo: Saúde.

5. Pule umas duas páginas e escreva o próximo título, como por exemplo: Família.

6. E daí por diante: nesta fase, apenas os títulos: Amor, Trabalho, Prosperidade, Moradia, Família, Saúde, Lazer etc. O que você quiser.

7. Agora, comece a escrever conteúdos, desejos, suas mais puras vontades, nestas páginas que colocou anteriormente apenas os títulos. Não importa a ordem. Mas vá até os títulos e deseje. Deseje tudo mesmo. Escreva o que quer em relação a cada assunto.

8. Desejar significa querer de verdade. Nada de escrever suposições hipoteticamente pouco prováveis, como por exemplo, andar de foguete para a Lua :-) Reserve um tempo para realmente colocar num papel o que deseja de verdade que aconteça. E lembre-se: cuidado, pois "pode" realmente acontecer.  Releia o exemplo acima de querer um "coração grande" :-)


9. Importante: coloque datas. Uma meta só é uma meta, quando tem datas para serem atingidas. Faça em sua vida pessoal o que normalmente você automaticamente faz no trabalho: Planeje com prazos.

10. Releia tudo. Se estiver cansado, separe mais um momento único seu para isto. Pode ser um outro dia, mas importante que seja antes do dia 31 de dezembro. Ou pelo menos, antes da meia noite :-)

11. Na virada do ano, lembre do seu caderno. Mentalize o tanto de coisas que desejou por escrito e "deseje". Importante mentalizar.

12. Se você já leu estas minhas dicas anteriormente e já teve seu caderno, releia todas suas metas e observe atentamente o que conseguiu. Analise os motivos de não ter conseguido alguns (ou nenhum deles) - Será que mudou de ideia no meio do percurso? Será que não deu foco ao seu desejo? Ou a vários deles? Será que não escreveu direito? Será que não os acompanhou durante o ano? Não deu foco? Será o que será? Importante analisar para focar 2013 agora. E os outros anos que certamente virão.

13. Sempre, durante o ano, que se desviar do foco, pensando em desânimos, dissabores ou tristezas, releia sua lista de desejos.

14. E sempre, pelo menos uma vez por semana (eu sugiro uma vez por semana - há quem ache bom mensalmente ou mais - você decide), releia seus objetivos, independente de seu estado de espírito. É importante você estar definitivamente familiarizado com seus desejos e ir percebendo se está se desviando deles ou se aproximando. Importante reler para voltar ao foco, no caso de ter saído um pouquinho. E se você lê sua lista uma vez por semana, ainda há tempo suficiente para corrigir as rotas. E corrigir seus desejos também. Pode ocorrer de algo não ser mais importante para você durante o percurso.

15. Perceba o quanto eles estão acontecendo. Como estão. E isto é necessário. Assim como é necessário cada desejo que está lá naquele caderno.

16. Torça sempre e foque seus desejos. Queira de coração e mente. Emocional e racional. Use ambos: lados direito e esquerdo do seu cérebro.

17. Se quiser alterar a rota durante o ano? Você pode tudo. Mas concentre-se em querer atingir seus objetivos sempre. Durante cada segundo, minuto, dia do ano. Não altere a rota somente porque "ai ai ai - oh Céus - está difícil rs". Altere, se precisar, conscientemente.

18. Você certamente vai gostar de ver como os seus desejos vão se realizando. E vão.

19. No final do ano, antes de comprar o próximo caderno e escrever a lista do próximo ano, releia todos os desejos do ano que está acabando e dê uma nota de 0 a 5 para cada um deles: sobre como cada desejo foi atingido ou não. Reflita um pouco, tanto para os que aconteceram e ganharam nota "5", como para os que receberam nota menor. Isto irá ajudá-lo a escrever os próximos e refletir também sobre os pequenos desvios e os porquês de não ter atingido alguns integralmente.

20. Normalmente, os que levam nota menor do que 5 são aqueles que, por um motivo ou por outro, tiveram seu foco desviado. Aí... só você mesmo pra saber e entender os porquês. Talvez seja uma pequena sabotagem inconsciente sua, talvez tenha tido a ver com algum fator externo: não sei.

21. O importante é continuar com foco. Hoje e sempre !

Feliz 2013, 2014, 2015 e todos os demais. E que seus desejos se realizem ! Todos eles !

Abraços e beijos
Dora Machado

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Diversidade de Gênero



Artigo-Resumo de palestra sobre Diversidade ministrada por Dora Machado na Bosch, Campinas, em 03/12/2012:

     Eu sou uma mulher que tem como experiência em minha carreira, o mundo masculino.
     Sempre trabalhando em indústrias automotivas, fui desde o início, uma das poucas mulheres que apareciam na área de Supply Chain, outro fator também predominantemente masculino, principalmente há 25 anos, quando comecei a trabalhar nelas.
     Agora vemos que isto tem mudado, o que é bom para nós e bom para os homens também.
     Eu vejo, pela minha experiência não só em trabalhar em mercado predominantemente masculino, mas também por ter sido a líder de um Comitê de Diversidade em uma das empresas que trabalhei antes de montar minha Consultoria, que há ainda alguns fatores que impedem ou que adiam um pouco o crescimento das mulheres no mercado de trabalho:
  • a mulher ainda é tratada como uma minoria "delicada e frágil" (inclusive por ela própia, que se auto julga assim, em muitos dos casos)
  • infelizmente, em sua maioria, a classe feminina não acredita "poder" receber uma promoção, apesar de estudar (estatisticamente) mais do que os homens nos últimos 10 anos
  • algumas minorias de mulheres ainda acreditam que ter atitudes que "imitam"homens podem dar certo, mas não há necessidade certamente de ir por este lado (como por exemplo, ser "rude", ser "masculinizada", ser "fria" etc. - notem: não estou dizendo que os homens são assim, mas pode ser a imagem que muitas de nós achamos que pode funcionar para adquirir um certo falso "poder"e respeito)
  • a mulher ainda não acredita ser capaz, o que revela um problema alto de auto-estima baixa, em sua maioria dos casos onde ela acredita não o ser.
     Atualmente as empresas, multinacionais principalmente, tem trabalhado fortemente para que este cenário mude. Programas de Diversidade de Gênero começam a fazer parte das empresas, onde os executivos do Brasil podem aprovar ou não, mas eles realmente existem e estão aí para serem cumpridos.
    Por que esta mudança, já que a mulher do Século 21 está presente na maioria das empresas? Podem perguntar a maioria dos homens ou mulheres.
    A resposta é simples: nem homem, nem mulher: todos merecem e devem desfrutar das mesmas oportunidades. Simples assim.
     Ser diferente em termos físicos é óbvio que somos. Eu, por exemplo, não aguento a mesma carga na academia do que um homem com a mesma idade e condições físicas do que eu.
    Aqui não estou falando de diferenças físicas, mas sim, de diferenças no ambiente de trabalho.
    Para um país onde temos uma "presidenta", espera-se que este conceito mude. Mas para isto precisamos entender alguns fatores muito simples:
  • mulher não gosta de ser tratada como "a menininha do jogo"
  • mulher não gosta que falem da TPM dela
  • mulher gosta de ser respeitada
  • e gosta de estudar
    Mas se a mulher gosta de estudar, é comprometida e dedicada, por que ainda falamos em percentuais de 1 a 10% apenas de mulheres em posições de liderança nas empresas?
     É o cenário que precisamos trabalhar com paciência e profissionalismo para mudar.
     Para empresas, onde o cenário é extremamente masculino, por que então não contratar mais estagiárias engenheiras, por exemplo? Por que damos ainda formulários de contratação de funcionários para nossos gestores preencherem,  onde há um quadradinho pequeno que deve ser preenchido com F ou M, para identificar se você quer contratar uma mulher ou um homem? Na minha modesta opinião, devemos começar por aí. Tirar estes pequeninos quadrados com esta "sugestão" de contratação por sexo.
    Contratar mais mulheres para quê? Podem perguntar homens e mulheres e não chegar à conclusão alguma, a não ser que se deseja criar feudos separatistas feministas: errado. A mulher e o homem não precisam e não devem competir. Ambos tem suas características que são muito atraentes para todo e qualquer tipo de negócio no mercado de trabalho.
    Há quem não aprecie a objetividade masculina? Sim, todos e todas apreciamos. Há quem não aprecie a sensibilidade feminina? Sim, todos e todas podemos visualizar isto facilmente. Ou seja, a união destas duas e outras tantas qualidades de gêneros pode e deve ser muito eficaz para o crescimento de qualquer empresa, mostrando que estes dois times diferentes podem sim "fazer a diferença juntos".
    Não estou querendo dizer aqui que não há homens sensíveis e mulheres racionais. Vocês entenderam. Estou querendo dizer que somos diferentes sim. E ser diferente "faz, redundantemente,  sim a diferença".
    Eu gosto de trabalhar com homens. E gosto de trabalhar com mulheres. Acho uma pena que veja ainda poucas delas nas lideranças de muitas empresas.
    Que bom que isto está mudando.
    Obrigada à Bosch pela oportunidade de mostrar um pouco de minha experiência. Fico feliz com o crescimento de todos. Juntos.
    Os links da palestra e também dos videos estão em:

http://www.slideshare.net/doramachado/20121203-diversidade-bosch-15474824
http://www.slideshare.net/doramachado/funny-video-sperm-banned-commercial-centea
http://www.slideshare.net/doramachado/flash-mob-black-eyed-peas-i-gotta-feeling-chicago

Abs
Dora Machado







domingo, 18 de novembro de 2012

domingo, 16 de setembro de 2012

Frase de minha temporada em repouso:

"There is a conversation I need to have with me - It's just a moment to myself !" - Macy Gray

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Saudação ao Sol - Yoga

Hoje, que coincidentemente decidi que, apesar das dores por causa do meu tombo, não posso parar de praticar yoga, vejo isto no meu Face.

Coincidência ou não, amanhã vou fazer estes ásanas pra começar meu dia.

Hoje à noite fiz alguns com meu mestre aqui em casa e, sem dúvida, foi o que me fez ficar com menos dor.

Beijos a todos

Dora

domingo, 9 de setembro de 2012

Vamos ficar charmosas com estas maneiras de amarrar lenços !

O corpo fala ????



Eu passei anos estudando que o "Corpo Fala".
Que sentimos no corpo, quando não cuidamos da alma.
E que, principalmente, nosso corpo nos dá sinais o tempo todo de que algo está bem. Ou não está.

Há duas semanas tive um enorme susto.
Ia sentar em uma cadeira numa sala de reuniões, quando a cadeira de plástico voou longe e eu caí de bunda no chão. Achei que não era nada.

Continuei minhas atividades normalmente, mas com um Dorflex por noite, acreditando que ia melhorar no dia seguinte.

Semana passada travei total. E depois de quase perder o meu senso de humor em vários médicos que não sabiam diagnosticar nada, fiquei dopada de tantos remédios.

Agora um deles descobriu o que tive. Algo na junção do quadril (lado esquerdo) com a coluna. Ou seja, quando movimento esta região, dói. Mas doia tanto, que dava choque. Inacreditável.

Este depoimento não é pra dizer detalhes da minha dor, que graças a este último médico, está passando.

Mas pra questionar aqui os leitores:

Se estamos bem, felizes com tudo ao nosso redor, felizes com tudo conosco, não acho que seria justo ficarmos doentes.

Alguém tem alguma teoria do porquê isto ocorre?

Como boa racional geminiana que sou, busco sempre as razões. E sinceramente estou muito encucada com isto.

Depois que retomar minha terapia, conto pra vocês.
Hoje eu daria tudo pra estar neste ásana acima do yoga. Estarei. Brevemente.

Bj enorme
Ótima semana com muitas alegrias e poucas dores para todos
Dora

quarta-feira, 28 de março de 2012

Millor Fernandes

"Hoje o Brasil ficou mais burro com a perda do Millor", foi o que meu outro preferido Veríssimo falou sobre seu amigo falecido no Rio de Janeiro.

Sempre gostei das aulas de redação e literatura no colégio. Quando era pequena os preferidos eram Millor e Clarice.
Ele especialmente me inspirava. E inspirava justamente pelo simples e pelo senso de humor.
Algo que copiava e copio dele até hoje são as explicações entre parênteses no meio das crônicas que escrevia. Faço isto mesmo kkk. Abaixo uma crônica que gosto muito e mais abaixo algumas frases bem humoradas perdidas dele por aí.

"Chapeuzinho Vermelho



Era uma vez (admitindo-se aqui o tempo como uma realidade palpável, estranho, portanto, à fantasia da história) uma menina, linda e um pouco tola, que se chamava Chapeuzinho Vermelho. (Esses nomes que se usam em substituição do nome próprio chamam-se alcunha ou vulgo). Chapeuzinho Vermelho costumava passear no bosque, colhendo Sinantias, monstruosidade botânica que consiste na soldadura anômala de duas flores vizinhas pelos invólucros ou pelos pecíolos, Mucambés ou Muçambas, planta medicinal da família das Caparidáceas, e brincando aqui e ali com uma Jurueba, da família dos Psitacídeos, que vivem em regiões justafluviais, ou seja, à margem dos rios. Chapeuzinho Vermelho andava, pois, na Floresta, quando lhe aparece um lobo, animal selvagem carnívoro do gênero cão e... (Um parêntesis para os nossos pequenos leitores — o lobo era, presumivelmente, uma figura inexistente criada pelo cérebro superexcitado de Chapeuzinho Vermelho. Tendo que andar na floresta sozinha, - natural seria que, volta e meia, sentindo-se indefesa, tivesse alucinações semelhantes.).






Chapeuzinho Vermelho foi detida pelo lobo que lhe disse: (Outro parêntesis; os animais jamais falaram. Fica explicado aqui que isso é um recurso de fantasia do autor e que o Lobo encarna os sentimentos cruéis do Homem. Esse princípio animista é ascentralíssimo e está em todo o folclore universal.) Disse o Lobo: "Onde vais, linda menina?" Respondeu Chapeuzinho Vermelho: "Vou levar estes doces à minha avozinha que está doente. Atravessarei dunas, montes, cabos, istmos e outros acidentes geográficos e deverei chegar lá às treze e trinta e cinco, ou seja, a uma hora e trinta e cinco minutos da tarde".






Ouvindo isso o Lobo saiu correndo, estimulado por desejos reprimidos (Freud: "Psychopathology Of Everiday Life", The Modern Library Inc. N.Y.). Chegando na casa da avozinha ele engoliu-a de uma vez — o que, segundo o conceito materialista de Marx indica uma intenção crítica do autor, estando oculta aí a idéia do capitalismo devorando o proletariado — e ficou esperando, deitado na cama, fantasiado com a roupa da avó.






Passaram-se quinze minutos (diagrama explicando o funcionamento do relógio e seu processo evolutivo através da História). Chapeuzinho Vermelho chegou e não percebeu que o lobo não era sua avó, porque sofria de astigmatismo convergente, que é uma perturbação visual oriunda da curvatura da córnea. Nem percebeu que a voz não era a da avó, porque sofria de Otite, inflamação do ouvido, nem reconheceu nas suas palavras, palavras cheias de má-fé masculina, porque afinal, eis o que ela era mesmo: esquizofrênica, débil mental e paranóica pequenas doenças que dão no cérebro, parte-súpero-anterior do encéfalo. (A tentativa muito comum da mulher ignorar a transformação do Homem é profusamente estudada por Kinsey em "Sexual Behavior in the Human Female". W. B. Saunders Company, Publishers.) Mas, para salvação de Chapeuzinho Vermelho, apareceram os lenhadores, mataram cuidadosamente o Lobo, depois de verificar a localização da avó através da Roentgenfotografia. E Chapeuzinho Vermelho viveu tranqüila 57 anos, que é a média da vida humana segundo Maltus, Thomas Robert, economista inglês nascido em 1766, em Rookew, pequena propriedade de seu pai, que foi grande amigo de Rousseau.






Extraído do livro "Lições de Um Ignorante", José Álvaro Editor - Rio de Janeiro, 1967, pág. 31"




Abaixo algumas pequenas frases dele que posto aqui. Hoje, minha simples homenagem a este grande e poderoso homem.

Abraços
Dora Machado

"Numa vida média de 50 anos, 80 a 100 dias são empregados pelos homens só no ato de fazer a barba. Ignora-se o que as mulheres fazem com esse tempo."

"O melhor movimento feminino ainda é o dos quadris."

"Quando um chato diz: "Eu vou embora", que presença de espírito."

"Quem mata o tempo não é assassino mas sim um suicida."

"Toda regra tem exceção. E se toda regra tem exceção, então, esta regra também tem exceção e deve haver, perdida por aí, uma regra absolutamente sem exceção."

"Quando todo mundo quer saber é porque ninguém tem nada com isso."

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Clarice Lispector - mini texto

Gostei muito.
Muitas pessoas te vêem de uma maneira, que admiram ou invejam.
Poucas delas param pra pensar no modo ou nos obstáculos que passamos durante os anos vividos e durante as vitórias conquistadas.
Enfim... elas não precisam pensar nisto. Você que supere os obstáculos e cresça. Espero que cresça muuuito :-)
Dora Machado

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Palestras 2012

Fique ligado no http://www.lifelearning.com.br/

Envie e-mail para equipe@lifelearning.com.br para maiores informações.

Obrigada
Dora Machado


terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Intuição ou Auto-Sabotagem ?










Abaixo a definição do Wikipedia para a palavra Intuição:

intuição é um processo pelo qual os humanos passam, às vezes e involuntariamente, para chegar a uma conclusão sobre algo. Na intuição, o raciocínio que se usa para chegar a conclusão é puramente inconsciente, fato que faz muitos acreditarem que a intuição é um processo paranormal ou divino. Seu funcionamento e até mesmo sua existência são um enigma para a ciência. Apesar de já existirem muitas teorias sobre o assunto, nenhuma é dada ainda como definitiva. A intuição leva o sujeito a acreditar com determinação que algo podera acontecer.



Agora, por Dora Machado:



Mas intuição é o que, de verdade?

Na minha opinião e na opinião de várias pessoas, especialmente as que meditam diariamente, todos têm intuição, porém poucos a identificam ou a conhecem.

Você já sentiu que devia ter ido por um caminho e não foi? Depois percebeu que era aquele realmente o caminho a seguir? Pois é... isto é a intuição.

E ela fala. Não, ou melhor: ela gritaaaaaa!

A intuição vem do fundo da gente, pelo primeiro impulso, sem absolutamente nenhuma lógica.

O ideal para ativar nossa intuição é que se medite diariamente pelo menos um pouquinho. Comece com 10 minutos por dia, à noite ou de manhã, como preferir.

Não sabe meditar? Outro capítulo :-)

A intuição nos deixa mais focados e nos livra de ansiedades, medos e inseguranças.

Mas como fazer para não confundir Intuição com Auto-Sabotagem?

Eu acredito particularmente na PNL (Programação Neuro Linguistica). Porém, a PNL faz com que você (na minha modesta opinião) seja otimista e focado em seus sonhos - algo assim como "O Segredo". Isto "pode" te confundir.

O desejo forte de algo pode sim ocasionar a sensação de que este "algo" irá acontecer a qualquer momento. Ou no momento em que você desejar, assim como num passe de mágicas.

Mas... não é bem assim. Precisamos estar bem focados e atentos, em decorrência de meditações diárias, por exemplo, para não cairmos neste tipo de tentação, ou seja, ter a certeza de que algo que queremos muito que aconteça, vá acontecer realmente.

A intuição não é o desejo, mas sim o inconsciente te avisando de algo.

Difícil? Vou dar uma palestra sobre Intuição e Meditação em abril. Aguarde !

Certamente precisamos viver a realidade do hoje, mais do que em sonhos. É óbvio que sou absolutamente favorável do planejamento para a realização dos sonhos, assim como praticante árdua da PNL.

Mas distinguir as coisas faz parte de nosso ciclo para não perdemos o foco ou ganharmos decepções. Cuidado com as diferenças entre Intuição e Auto-Sabotagem.

Podemos fazer também um outro seguinte exercício: prestar atenção aos sinais de nosso corpo. Por exemplo: há algumas pessoas que quando têm intuições sentem calafrios, ou sentem palpitações no peito, ou sentem dores de barriga etc.. Prestar atenção a estes sinais e identificar o que nosso corpo está querendo nos dizer é fantástico !

Aguardem! Brevemente maiores dicas sobre este tema.

Abraços

Dora Machado

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Melhor livro que estou lendo no momento

Pessoas, para quem me conhece um pouco, sabe que adoro ler. Tenho normalmente um livro na sala, um no meu quarto, um no banheiro e outro no meu carro rs.

E o mais importante: termino todos :-)

O melhor que estou lendo e "super" recomendo é o "Descubra seus pontos fortes" do Marcus Buckingham e Donald Clifton (como disse um querido aluno meu da FAAP: Baquinrã kkkk).

Os autores falam sobre 34 talentos que o ser humano tem, após pesquisa com milhares de pessoas no mundo. Relatam eles que você tem predominantemente 5 e o mais legal é que o livro vem com uma "raspadinha" que você raspa e vai até o site deles após o 3o capítulo (não pule etapas kk), descobrindo as suas.

Diferentemente do que muitas empresas e gestores falam sobre investir em trabalhar os pontos fracos das pessoas, o livro fala em praticamente esquecer os pontos fracos, mas reforçar e trabalhar sim os pontos fortes. Para o que eu valido e assino.


Beijos e boa leitura
Dora Machado

Comentário ingênuo e feliz No Facebook


Domingo fiz um comentário ingênuo, meio um "desabafo" no Facebok. Eu falava o que escrevo abaixo entre aspas sobre meu espanto às pessoas que são mega jovens, mas que se acham "velhas". Na verdade pode até ser que sejam, mas contradiatoriamente ao que penso sobre não julgar as pessoas, julgo esta postura um tanto ruim para o crescimento mental, físico e espiritual de cada um.

O mais surpreendente é que ao invés de postar um desabafo para meus caros colegas, recebi foi um monte de elogios quanto a ser contagiante a minha energia. Fico feliz e agradeço muito :-)
Valeu muito pra adoçar ainda mais a minha semana.

"Gente, este ano comemoro meus 45 anos de idade: Menos da metade do que pretendo viver. Com saúde, amor, prosperidade, amigos, família (não exatamente nesta ordem rs) e tudo de bom que eu mereço. Fico triste quando pessoas com 30 anos se dizem "velhas". Eu não kkkk

Eu? Quero, saudável por dentro e por fora, viver uns 100 anos. 90 acho pouco.

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Coaching



Pessoal
Repasso abaixo um texto simples e objetivo sobre Coaching. Gostei.

Bom dia, amigos.


Vou começar a semana conversando sobre Coaching. Quero responder a pessoas que têm me pedido para explicar mesmo o que é Coaching, assim , preto no branco. Bem, nem sei se é possivel explicar algo que tem uma face tangível e outra intangível.

Mas, vá lá.Tentarei. Afinal, o que a usn parece cristalino e corriqueiro , a outros pode parecer hermético.

Podemos dizer sem arrepios que Coaching é transformação com foco na Ação, Melhoria Contínua e Resultados Positivos. Uma espécie de KAIZEN pessoal para usar uma linguagem que nossos amigos da Gestão de Qualidade conhecem bem.

É uma alternativa poderosa para pessoas e empresas que sabem que sucesso é resultado; não é um ponto de chegada, mas um caminho que necessita de planejamento, superação de desafios, excelência pessoal, comprometimento, mudanças, persistência, inovação, equilíbrio e outros fatores pertinentes ao perfil de cada pessoa, empresa ou projeto.



Ana Lúcia de Mattos Santa Isabel

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Como criar sua biblioteca pessoal

Para quem me conhece um pouquinho (a Dora Machado), sabe que amo ler. Já doei muitos livros por falta de espaço, infelizmente. Comecei a emprestar livros que nunca voltavam. Resolvi criar uma biblioteca catalogada em casa. E funciona muito. Amo ler. Recomendo a leitura abaixo para quem quer organizar seus livros, como eu:

 

Como organizar seus livros

Por Equipe BBel
Publicado em 24/02/2010

Cada qual no seu lugar...

Como organizar seus livros
Para quem é apaixonado por leitura é difícil resistir à tentação de comprar todos os lançamentos de revistas e livros de seus autores ou assuntos prediletos. Porém, livros e mais livros empilhados sem nenhuma ordem ou espalhados por toda a casa podem resultar em bagunça.
Existe sensação melhor que entrar em uma biblioteca e encontrar facilmente qualquer livro que precisar?
Com as dicas que daremos a seguir, organizar sua estante de livros pode se tornar uma tarefa agradável, além de deixar sua casa mais bonita, organizada e seus livros mais conservados. Com essas pequenas mudanças será possível até mesmo otimizar seu tempo de leitura, ou seja, ler mais e melhor. Então, mãos à obra!

Passo 1 - Definindo objetivos na organização dos livros

O primeiro passo é definir o objetivo da organização dos seus livros. Como deseja organizar as estantes de livros em sua casa?
-Ter seus livros prediletos mais perto de você?
- Encontrá-los facilmente quando os quiser emprestar aos amigos?
- Deixar sua biblioteca mais pessoal?
- Usar alguns livros como decoração?
  Com o objetivo em mente, vamos ao segundo passo.

Passo 2 - Limpeza das estantes, prateleiras e livros

Antes de tudo, retire todos os livros e objetos da estante! Limpe as prateleiras e assim que esvaziá-las passe um pano umedecido com querosene.
Essa é  uma boa dica de limpeza de livros para espantar traças e cupins.  Isso aumenta o tempo de vida dos seus livros. O importante é não guardá-los sem antes realizar uma boa limpeza.

Passo 3 - Livrando-se do excesso de livros

Tome nota de quantos livros você tem e verifique se o espaço e o número de estantes que você possui em casa são suficiente. Você tem duas opções: livrar-se do excesso de livros ou adquirir novas estantes.
Desfazer-se de alguns livros torna-se mais fácil quando você sabe que eles poderão ser bem aproveitados por outras pessoas.  Você pode doá-los para escolas, livrarias, prisões, asilos, hospitais ou sebos. Assim estará contribuindo para divulgar o prazer da leitura.

Passo 4 - Planejando a disposição dos seus livros

Se a quantidade de estantes que você possui não for suficiente para armazenar todos os seus livros, existem soluções criativas que ajudam a aproveitar melhor o espaço da sua casa.
Usar o parapeito de alguma janela ou criar estantes que vão do chão até o teto, são algumas delas. Há no mercado também, sistemas modulares pré-fabricados que permitem criar áreas interessantes para guardar seus livros, como por exemplo, sob as escadas ou em cantoneiras; sem o alto custo dos móveis planejados embutidos.
Você também pode criar pequenos nichos de organização de seus livros nos diferentes cômodos da casa. Os livros de receita podem ser empilhados em um pequeno espaço do armário da cozinha e os livros que estiver lendo podem ser deixados próximos a sua cama.

Passo 5 - Agrupando os livros em categorias

Agora que já sabe onde irá armazená-los, é hora de decidir como categorizá-los.  O mais comum é que os livros sejam organizados de acordo com autor, título e assunto. Mas você também pode organizá-los por altura e cor, se assim preferir. Outra forma interessante de organização é dividí-los em grupos, tais como ficção e não-ficção, lidos e não lidos.
Se possuir estantes espalhadas em todos os cômodos da sua casa, decida quais categorias vão ficar em quais cômodos. Leve em consideração o espaço disponível e os lugares nos quais você gosta de ler. Por exemplo: biografias podem ficar na sala de estar enquanto seus livros de estudos ficam no escritório. Se as prateleiras possuírem limitação de altura, agrupe seus livros por tamanho.

Passo 6 - Cada livro em seu lugar

Como organizar seus livrosComece a criar as pilhas de acordo com as categorias definidas.
Espalhá-los no chão lhe proporcionará visibilidade de tudo que possui e isso tornará seu trabalho de organização muito mais simples e eficiente.
Chegou o momento de transferir cada categoria para a estante. O melhor é organizar por ordem alfabética e levar em conta o tamanho dos livros.
Se tiver criança em casa , coloque os livros infantins em prateleiras mais baixas para que elas possam ter livre acesso aos livros sempre quiserem.
Você pode também criar pequenas etiquetas paraidentificar a categoria dos livros Imprima-as em papel cartão e dobre-as de maneira que a parte que escrita possa ser vista na estante.
Outra opção é comprar aparadores de livros. Imprima  termos descritivos para as categorias nas quais você irá separar seus livros, fixando-os em seguida nos aparadores.

Outras dicas rápidas para organização de livros.

1) Sempre retire todos os livros da estante antes de começar a organizá-los. Os que já estiverem na categoria correta, não precisam ser retirados. Entretanto, somar livros que encontrar perdidos aos já alocados pode tornar a tarefa confusa e o trabalho será dobrado.
2) Existem lindos aparadores ou porta livros no mercado. Decore sua estante com eles.
3) Livros mais pesados devem ficar nas prateleiras mais baixas das estantes de sua casa.
4) Use um aspirador de pó com bicos menores para alcançar os cantos das estantes.
5) Tente manter as estantes sempre limpas. Limpar uma vez ao mês para manutenção é o bastante.
6) Seja criativo e personalize sua estante com objetos como porta retratos, imãs legais, plantas.
Agora é hora de ler! Agora que voce ja sabe como encontrar facimente seus livros prediletos, ficou fácil!!
Organização é o grande facilitador de uma vida cheia de compromissos.
Saiba também: Como organizar seus armários de roupas.
Por Bebel Ferreira

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Foco

Vou copiar a frase de minhas amigas do "Conceição Cabelo e Estética" de São Caetano do Sul:

"Tenha foco!!! Esse é o segredo do sucesso. Não saia por aí apontando para todos os lados !!! Passo a passo se chega longe..."

E para as pessoas que assistiram minha palestra em 21/jan sobre "Metas para 2012", lembre-se do exercício de minha mestra Vilma Chiorlin do caminhar: Passo a passo.

Abraços
Dora Machado

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Como planejar seu ano: só você pode

Neste final de semana ministrei a palestra com este tema e foi um sucesso.
Maiores detalhes, caso queira participar da última turma, envie email para equipe@lifelearning.com.br
Recomendo o video acima de 2 minutinhos sobre o Tempo: http://vimeo.com/34825711

Abraços
Dora Machado